Links de Acesso

ANGOLA FALA SÓ: "MPLA não precisa de fazer batota" - Norberto Garcia / "Mais 5 anos de totalitarismo" - Ikonoklasta


Angola Fala Só

Angola Fala Só

“ O MPLA não precisa de fazer batota”, disse Norberto Garcia Secretário do MPLA para Assuntos Políticos e Eleitorais no programa Angola Fala Só marcado por um aceso debate com o activista Luaty Beirão, o rapper Ikonoklasta.




Os dois convidados abordaram várias questões, em grande parte ligadas às eleições de 31 de Agosto em que responderam a perguntas dos ouvintes.

Essas perguntas foram dirigidas essencialmente ao representante do MPLA e proporcionaram várias vezes um debate intenso entre ele e Luaty Beirão, Ikonoklasta.

O rapper disse que de antecedência as eleições já estão decididas e que Angola vai ter “mais cinco anos de totalitarianismo mascarados de democracia”.

Para Luaty Beirão e reflectindo as preocupações de um ouvinte, a Comissão Nacional Eleitoral tem sido parcial e tem mesmo “actuado contra os princípios da lei”.

“Não se criaram condições para a realização de eleições livres no país,” disse o jovem activista que fez também notar como o partido no poder o MPLA estava a usar os órgãos de informação oficiais como a televisão e rádio para fazer propagandas sobre os seus alegados triunfos para além do tempo de antena dado a cada partido.

Norberto Garcia disse ter confiança “nesta CNE como teria confiança numa CNE nomeada por um outro governo ou parlamento”.

“A CNE não obedece a partidos,” disse Garcia para quem o MPLA “fez muitas concessões” durante as discussões sobre a formação da comissão.

O activista do MPLA fez notar o que disse ser uma contradição nas declarações daqueles que criticam a CNE por ter sido nomeada por um governo do MPLA mas que saúdam a decisão do Supremo Tribunal que não aprovou a primeira presidente da comissão Susana Inglês.

Norberto Garcia fez notar que no tribunal também existem juízes que militaram no MPLA e que ninguém pôs em causa a sua integridade.

O activista do MPLA disse que as manifestações de apoio ao seu partido nestas eleições tinham ultrapassado “todas as nossas expectativas” e que o MPLA estava a provar ser “um partido abrangente de todos”. “O MPLA não precisa de fazer batota,” acrescentou.

Já no que diz respeito à situação económica no país o activista Luaty Beirão disse que o MPLA entra em contradição quando afirma que não pode cumprir as suas promessas eleitorais devido à crise económica mundial para depois afirmar que o grande crescimento económico mostrar que o país não foi afectado pela crise.

Norberto Garcia reconheceu que há ainda muito a fazer e que o governo tem agora que se concentrar em assegurar a justiça social

A questão da cooperação chinesa e a presença de milhares de trabalhadores chineses no pais foi outra questão em debate e ainda as alegações de que o Presidente José Eduardo dos Santos não tem nacionalidade angolana originária.

“Questões dessas não têm relevância nenhuma,” disse Norberto Garcia.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG