Links de Acesso

Moçambique: G8 investe 370 milhões de dólares na agricultura

  • William Mapote

Aquele montante visa financiar um novo projecto de melhoria da produção agrícola e segurança alimentar em Moçambique.

O grupo dos 8 países mais industrializados do mundo, G8, vai lançar este mês um projecto avaliado em cerca de 370 milhões de dólares, para financiar o sector da agricultura em Moçambique.

Aquele montante visa financiar um novo
projecto de melhoria da produção agrícola e segurança alimentar em Moçambique.

Apesar dos enormes investimentos que o país continua a registar, vários sectores continuam a criticar o contínuo fraco desenvolvimento da agricultura, em particular.

No seu mais recente relatório sobre o Desenvolvimento Mundial, o Banco Mundial
chega mesmo a duvidar da capacidade nacional de produzir alimentos para as necessidades do país.


Mas é mesmo de dentro que surgem as reiteradas críticas ao sector.

Humberto Zaqueu, economista moçambicano e oficial de advocacia da plataforma nacional das ONG, aponta a falta de estratégias claras, como a razão para a fraca produtividade.

Segundo Zaqueu, os investimentos continuam a pecar por estarem centrados na agricultura comercial e sem enfoque para a produção de alimentos, o que perpetua a dependência nacional.

Mas não é apenas do sector da agricultura que o país continua a receber críticas de ineficiência. A indústria extractiva, que lidera os volumes de
investimentos directo estrangeiro, continua a gerar pouco emprego para os moçambicanos.

Esta é mais uma crítica apontada pelo Banco Mundial, que no seu recente relatório citado pelo diário O País, diz que Moçambique é um exemplo de como os relutados dos investimentos na industria extractiva são mínimos na criação do emprego.
XS
SM
MD
LG