Links de Acesso

Moçambique: Vitimas das cheias com maior apoio internacional

  • Eduardo Ferro

Chuvadas fizeram mais de uma centena de mortos e desalojaram quase 200 miil pessoas.

Em Moçambique, um grupo de organizações humanitárias em conjunto com as Nações Unidas desencadearam uma iniciativa para a angariação de 30 milhões e 600 mil dólares para ajudar as populações afectadas pelas cheias do rio Limpopo.

As chuvas intensas em Janeiro passado na África do Sul e no Zimbabué causaram severas cheias na bacia hidrográfica do Limpopo na província moçambicana da Gaza provocando mais de uma centena de mortos e obrigando 150 mil pessoas a deixarem as suas casas.

Plantações, infra estruturas, abastecimento de água e saneamento básico foram especialmente afectados pelo desastre natural. Para além disso novas cheias, desta feita nas zonas do centro e norte do país, estão a causar mais problemas fazendo pelo menos mais 45 mil desalojados e pondo em causa a capacidade de resposta das agências de auxílio governamentais e internacionais.

É nesse contexto que foi feito um apelo urgente para a angariação de mais fundos tal como explicou à VOA a responsável pela equipa de resposta a crises humanitárias das Nações Unidas em Maputo, Lola Castro.

XS
SM
MD
LG