Links de Acesso

Moçambique: Cahora Bassa aumenta a produção em 2013

  • Simião Pongoane

Energia de Cahora Bassa

Energia de Cahora Bassa

A energia é consumida na África do Sul, Zimbabué e Suazilândia

A barragem Hidroeléctrica de Cahora Bassa, HCB, está a trabalhar a todo o vapor para aumentar a produção de energia eléctrica em 2013.

Segundo uma nota do Ministério da Energia, a HCB prevê exportar este ano 13.691 gigawatts de energia eléctrica, o que corresponde a um aumento de nove por cento em relação ano passado.


O incremento visa responder às solicitações feitas por alguns países da região, com a poderosa vizinha África do Sul à cabeça.

No ano passado, a HCB registou uma ligeira redução de produção de energia eléctrica devido a avaria de bobina.

A peça já foi adquirida e levada para o Songo onde se localiza a barragem de Cahora Bassa considerada orgulho de Moçambique.

Entretanto, os técnicos da HCB estão a trabalhar na reposição de uma torre de transporte de energia eléctrica vandalizada semana passada no povoado de Cavulacie, há cerca de 32 quilómetros do Songo. Os técnicos suspeitam que a torre tenha sido vandalizada.

Face a este incidente, o fornecimento de energia elécrtica ao centro e norte de Moçambique está sendo assegurado pelas pela chamada linha dois.

Mesmo tendo em conta o potencial energético de Moçambique no sector do gás natural, a Hidro-eléctrica de Cahora Bassa é a fonte mais importante de produção de electricidade em Moçambique.

A energia produzida pela HCB é consumida na África do Sul, Zimbabwe e Suazilândia, sendo que até final final deste ano poderá ser igualmente vendida no Malawi.
XS
SM
MD
LG