Links de Acesso

Moçambique: Muçulmanos desconvocam manifestação

  • William Mapote

Vista da cidade de Maputo (Moçambique)

Vista da cidade de Maputo (Moçambique)

Segundo o empresário Amad Camal, a desconvocação da greve deve-se à cedência do governo às exigências da comunidade.

A comunidade muçulmana de Moçambique desconvocou a manifestação que havia programado para sábado em todas as capitais provinciais.
Segundo o empresário e antigo deputado da assembleia da república, Amad Camal, a desconvocação da greve tem como uma das principais razões, a cedência do governo às exigências da comunidade.
Segundo soube a Voz da América em Maputo, a adolescente que havia sido raptada há uma semana, e que foi de gota de água para as pressões dos islâmicos, foi libertada em data e circunstâncias que não conseguimos apurar.


Este facto foi também confirmado por Amad Camal, que diz ter poucos detalhes sobre o assunto. A libertação da adolescente terá sido um dos motivos que determinaram a desconvocação da manifestação.
Desconvocada a manifestação dos islâmicos, uma outra está prevista para este sábado em Maputo. Trata-se da manifestação dos desmobilizados de guerra, que depois de terem sido impedidos de se concentrarem na semana finda pela polícia, agendaram manifestações para amanhã.


Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG