Links de Acesso

Movimentos da libertação de países da África Austral reiteram necessidade de união

  • William Mapote

Filipe Nyusi e José Eduardo dos Santos (Arquivo)

Filipe Nyusi e José Eduardo dos Santos (Arquivo)

O Presidente da Frelimo Filipe Nyusi apelou nesta sexta-feira aos antigos movimentos de libertação da África Austral a consolidarem a sua união para enfrentarem os desafios do desenvolvimento económico.

Nyusi, que falava na abertura da cimeira dos presidentes daqueles movimentos, disse que a conjuntura económica actual é desfavorável pelo que só com união de esforços de pode vencer.

O presidente da Frelimo considera a actual conjuntura económica mundial desfavorável para os países da zona austral de África e um sério desafio para a sobrevivência política dos antigos movimentos libertadores.

Os líderes da Frelimo, Congresso Nacional Africano(ANC), Chama Cha Mapinduza, MPLA, representada Swapo e Zanu PF concordaram em consolidar a solidariedade no sentido de juntos enfrentarem os desafios impostos pela actual conjuntura económica, vista como um teste ao actual estágio de desenvolvimento dos respectivos países.

O MPLA esteve representado pelo seu vice-presidente Roberte de Almeida e o ANC Jacob Zuma.

XS
SM
MD
LG