Links de Acesso

Morreu Mário Coluna

  • Redacção VOA

Mário Coluna

Mário Coluna

Estrela do Benfica e da selecção portuguesa, foi selecionador nacional e presidente da Federação Moçambicana de Futebol.

O luso-moçambicano Mário Coluna, bicampeão europeu no Benfica em 1961 e 1962, morreu esta terça-feira em Maputo, onde se encontrava internado no Instituto do Coração.

Esta manhã, a situação clínica havia piorado tendo sofrido uma paragem cardio-respiratória.

A saúde do antigo capitão do Benfica e da Selecção Portuguesa estava muito debilitada e nos últimos dias piorou, o que levou a família a optar pelo internamento.

O estado clínico de Coluna já o havia impedido de estar presente em Lisboa para o funeral do amigo Eusébio, que se realizou no passado dia 6 de Janeiro.

O antigo capitão das águias terá sido mesmo aconselhado a não viajar para Lisboa pelos médicos e familiares mais próximos.

Aos 78 anos, Mário Coluna era um dos maiores símbolos do Benfica, dado o palmarés que alcançou de águia ao peito.

Além das duas Taças dos Campeões Europeus, o “monstro sagrado” também ajudou a conquistar dez campeonatos nacionais e duas Taças de Portugal.

O luso-moçambicano também integrou a selecção portuguesa que conseguiu a sua melhor classificação de sempre num Mundial, o terceiro lugar na Inglaterra em 1966.

Antes de viajar para Portugal, em Moçambique, Mário Coluna jogou futebol e praticou atletismo pelo Desportivo Maputo.

Depois da Independência Nacional, Mário Coluna regressou a Moçambique, seu país natal, onde veio a morrer hoje.


Ele foi selecionador nacional e presidente da Federação Moçambicana de Futebol.

Enquanto treinador, o "monstro sagrado",conquistou o primeiro título de campeão nacional de Moçambique após a independência, em 1976, no comando do Textáfrica do Chimoio e posteriormente pelo Ferroviário de Maputo.


Perfil

Nome: Mário Esteves Coluna

Data de nascimento: 6 de Agosto de 1935, em Lourenço Marques (Moçambique)

Posição: Médio

Épocas no Benfica: 16 (54-70)

Primeiro jogo: 12 de Setembro de 1954 (Vit. Setúbal, 5-0 no Jamor)

Treinador: Otto Glória (brasileiro)

Último jogo: 8 de Fevereiro de 1970 (CUF, 0-1 no Jamor)

Treinador: Otto Glória (brasileiro)

Primeiro golo: 12 de Setembro de 1954 (Vit. Setúbal, 5-0 no Jamor) 4-0

Último golo: 25 de Outubro de 1969 (Boavista, 8-0 na Luz) 3-0

Outros clubes: Lyon (França)

Títulos: 19 (todos pelo Benfica: 10 campeonatos, 7 Taças de Portugal e 2 Taças dos Campeões)

Internacionalizações: 57 (todas pelo Benfica) e 8 golos

XS
SM
MD
LG