Links de Acesso

Moradores desalojados da ilha de Luanda continuam em tendas

  • Manuel José

Deslojados da Ilha de Luanda

Deslojados da Ilha de Luanda

Estão há sete anos no Zango.

Mais de três mil famílias levadas para uma zona descampada, no Zango 1, em Luanda, há sete anos continuam a viver em tendas, apesar das promessas do Governo de que iriam receber casas em apenas 90 dias.

Agora, os antigos moradores da zona nobre da Ilha do Cabo dizem terem perdido a esperança de voltar a morarem numa casa condigna.

Nem mesmo a intervenção dos deputados da 10ª. Comissão da Assembleia Nacional há um ano serviu para resolver este problema

“Partiram as nossas casas, prometeram-nos que em 90 dias teríamos as nossas casas e até hoje nunca mais se falou no assunto, lamenta Manuel Correia, ex-morador da Ilha do Cabo que em 2009 viu a sua casa demolida.

Na altura, Correia foi levado num camião com a família para a zona do Zango 1, para viverem numa tenda.

Juvenal Kiambí, outro antigo habitante do bairro Lello na Ilha de Luanda, chefe de uma família de 12 membros, considera injusto ter sido retirado de uma casa de construção definitiva para ser colocado numa tenda, com capacidade para seis pessoas.

“A situação aqui é precária, muito precária mesmo, nossas condições de vida não nos agradam, os nossos filhos não conseguem estudar, nós próprios estamos desempregados, é muito triste”, conta Kiambi

Os jovens, de acordo outro morador, João Silva, entregaram-se à bebida e às drogas, realidade que justifica com a frustração que têm.

“Não bebemos por vício, mas sim por frustração, para esquecer o sofrimento, se ontem consegui comer, hoje não sei o que comer, estou desde a manhã ainda não matabichei, estou a pensar a minha vida o que vou fazer?”, lamenta.

A situação é considerada crítica e sem solução à vista.

XS
SM
MD
LG