Links de Acesso

Moradores bloqueiam estrada em protesto após demolições das suas casas em Luanda

  • Coque Mukuta

Várias casas destruídas por forças policiais e residentes alegam brutalidade policial.

Cerca de 200 manifestantes bloquearam hoje, 3, a via expressa Benfica Cacuaco, nos arredores de Luanda, na sequência da demolição das suas moradias por um grupo composto por agentes da polícia, fiscais e das forças armadas angolanas.

Mais de 30 efectivos das Forças Armadas Angolanas, Policia Nacional e agentes da fiscalização pertencentes a uma nova base denominada Posto do Comando Unificado (PCU), transportados em seis veículos destruíram várias casas na manhã de hoje, 3, nos arredores de Viana.

Residentes disseram que vários dos habitantes que se encontravam na zona foram agredidos pela polícia.

Segundo José António Salvador, um dos moradores daquela zona há mais de quatro anos, nem ele nem os outros moradores foram notificados sobre acção.

“Eles fizeram uma surpresa, não nos avisaram, chegaram começaram a partir as nossas casas, e agora todas as famílias estão ao relento", disse José Salvador quem revelou que, em protesto contra as demolições, os moradores decidiram interditar a via pública para demonstrar o seu descontentamento.
“Por isso é que decidimos colocar pneus e pedras na estrada”, acrescentou.

Recentemente o Posto do Comando Unificado, demoliu mais de 20 casas no Zango Três.

A VOA tentou o contacto com o comando provincial da Polícia Nacional mas sem sucesso.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG