Links de Acesso

Moradores abandonam localidades ameaçadas pelo Vulcão do Fogo

  • VOA Português

Vulcão do Fogo

Vulcão do Fogo

Moradores dos povoados de Cutelo Alto e Fonsaco, que ficam no município dos Mosteiros, começam a abandonar as suas casas devido às ameaças do Vulcão do Pico, cuja erupção não dá tréguas.

Depois do alerta dado pelas autoridades e por cientistas, aqueles habitantes optaram por abandonar as suas casas em segurança e com os seus pertences, para que não se repita o que aconteceu nos povoados do Portela e Bangaeira, já consumidas pelas lavas do vulcão.

O presidente substituto da Câmara Municipal dos Mosteiros Jaime Monteiro, citado por asemanaononline, aplaudiu a atitude dos moradores de Fonsaco, que não esperaram a ordem de evacuação das autoridades para começarem a tomar as suas providências.

Monteiro diz que o que se está a passar no terreno é da livre e espontânea vontade das pessoas, “jogando na antecipação e preservando os seus bens de uma eventual descida das lavas em direcção ao mar”.

Erupção vulcão do Fogo. Chã das Caldeiras Ilha do Fogo Cabo Verde. Dez. 6, 2014

Erupção vulcão do Fogo. Chã das Caldeiras Ilha do Fogo Cabo Verde. Dez. 6, 2014

Além das localidades de Cutelo Alto e Fonsaco, os povoados de Monte Barro, Boca Curral e Queimada Trás estão também em zona de risco, diz Monteiro. De acordo com dados recolhidos no terreno, são cerca de 500 casas habitadas e pouco mais de 2.100 pessoas que poderão ser afectadas.

O Gabinete de Comunicação e Imagem do Governo emitiu um comunicado na tarde desta quarta-feira, 10, no qual diz que a frente de lava localizada a 600 metros da zona de Bangaeira, que poderá ir em direcção a Fernão Gomes, não teve avanço significativo.

Em termos de actividade vulcânica, neste momento, “o vulcão está com uma taxa baixa de saída de lavas, verificando essencialmente a emissão regressiva de gases e cinzas”, lê-nos comunica que diz não ser aconselhável visitar Chã das Caldeiras “por haver uma grande concentração de gases nesta região.

O Vulcão do Pico, na ilha cabo-verdiana do Fogo, entrou em erupção da 23 de Novembro, provocou a evacuação de cerca de 1200 pessoas, destruiu dos povoados e produziu danos considerados incalculáveis pelas autoridades.

XS
SM
MD
LG