Links de Acesso

Moçambique: Projecto de gás natural exalta ânimos

  • Eduardo Ferro

Transparência das concessões mineiras volta à ordem do dia

Em Moçambique a população da vila de Quitupo, em Cabo Delgado, no norte do país, protestou recentemente contra o governo moçambicano considerando que o executivo agiu à margem da lei no que se refere à implantação de um empreendimento de exploração de gás natural pela multinacional americana Anadarko.

Segundo os habitantes da zona onde deverão ser colocadas as instalações, o governo concedeu o direito do uso e aproveitamento da terra à Anadarko sem consultar a população local.

A Anadarko que prospecta gás natural naquela região numa área de 7.500 hectares estimou que inicialmente 1.500 famílias serão removidas das suas terras para dar lugar ao projecto levando virtualmente ao desaparecimento da vila de Quitupo.

Para nos explicar o que está em jogo no braço-de-ferro entra e população local e o executivo falamos com Alda Salomão a presidente do Centro Terra Viva, uma organização não-governamental moçambicana dedicada à pesquisa e defesa do meio ambiente.

XS
SM
MD
LG