Links de Acesso

Moçambique: Populares exigem energia eléctrica

  • William Mapote

Apesar de Moçambique ser produtor de energia eléctrica, mais de 40% do território nacional ainda não conhece a electrificação.

Em Moçambique muitas dezenas de pessoas, em representação de centenas de famílias do bairro Intaca, no município da Matola, protestaram junto das autoridades administrativas daquela autarquia para exigir luz eléctrica.
Os manifestantes alegam que estão a ser excluídos do processo de electrificação e se mostram agastados por ver os condomínios existentes no mesmo bairro a beneficiarem de luz eléctrica, excluindo os mais pobres.
"O que mais nos preocupa é ver condomínios a 50 metros com energia e nós não", desabafou um dos manifestantes.

À espera da luz eléctrica desde que, aquela zona se tornou num bairro de expansão, há cerca de uma década, os residentes até se comprometem a contribuir dinheiro, para eles próprio, pagarem todos os custos necessários para beneficiarem de electricidade.

A empresa Electricidade de Moçambique pede paciência aos moradores e diz que tudo vai fazer para que a luz chegue a todas as casas.

Apesar de Moçambique ser produtor de energia eléctrica, quer através de fontes hídricas, quer, através do gás natural, mais de 40% do território nacional ainda não conhece a electrificação.

O abastecimento da região sul do país, através da rede nacional de energia produzida pela Hidroeléctrica de Cahora Bassa, uma das maiores da região, continua a ser através da rede proveniente da vizinha África do Sul, onde é transformada antes de entrar para esta zona do país.
XS
SM
MD
LG