Links de Acesso

Moçambique: Polícias culpados pelo assassinato de Mido Macie, conclui juiz sul-africano

  • Redacção VOA

Um dos polícias que assassinou Mido Macie

Um dos polícias que assassinou Mido Macie

Todos os oito policias acusados de matar o taxista moçambicano Mido Macia foram considerados culpados pelo crime, foi hoje anunciado na África do Sul.

"Acusados um a oito, vocês são todos considerados culpados pelo assassinato”, disse-lhes o Juiz Bert Bam, no Tribunal Supremo de Pretória, a capital daquele país.

A imprensa sul-africana reporta que o juiz rejeitou o pedido de caução. Os oito deverão permanecer atrás das grades até 22 de Setembro, altura em que o caso será retomado para o anúncio da sentença.

Os polícias foram acusados de agredir e matar Macie, na terça-feira, 26 fevereiro, 2013.

Um dos policias inicialmente acusado de assassinar Macie, Matome Walter Ramatlou, de 37 anos, foi absolvido por insuficiência de provas contra ele .

Ramatlou foi o único dos acusados que não foi demitido da corporação após uma audiência disciplinar. Em 2014, retomou as suas funções.

Os restantes acusados são: Meshack Malele, Thamsamqa Mgema, Percy Jonathan Mnisi, Bongamusa Mdluli, Sipho Sydwell Ngobeni, Lungisa Gwababa, Bongani Kolisi e Linda Sololo.

Acompanhe a nossa reportagem sobre o julgamento:

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG