Links de Acesso

Forças governamentais moçambicanas reivindicam destruição de base da Renamo

  • Adina Sualehe

Em Moçambique forças governamentais reivindicam o desmantelamento, no fim de semana, da principal base da Renamo, na localidade de Napuco, posto administrativo de Cazuzo, distrito de Murrupula, em Nampula.

A operação, segundo a polícia, resultou na apreensão de alguns materiais bélicos e bens alegadamente saqueados pelos guerrilheiros em diversas regiões da província.

O porta-voz da polícia de Nampula, Zacarias Nacute, enumerou, entre os bens apreendidos, 17 munições, diversos materiais de uso hospitalar e documentos de diversa natureza.

Neste momento, Nacute considera que a situacao é descrita como calma, pois os membros das Forcas de Defesa e Seguranca (FDS) estão no local.

O porta-voz da Polícia considerou que a base de Napuco era um ponto focal da concentração de homens armados da Renamo.

Nas confrontações entre os membros das FDS e os homens armados da Renamo, disse Nacute, não houve registo de perdas humanas, tendo os homens da Renamo fugido.

Entretanto, contactado pela VOA, Zacarias José , assistente do chefe da comissão política Renamo em Nampula, disse que o seu partido ouviu a notícia pela imprensa.

Ele adiantou que a Renamo desconhece a existência de qualquer base militar do partido em Murrupula e não deu detalhes, por se tratar de um assunto militae.

Importa referir que recentemente foi atacado um comboio do corredor logístico de Nacala«, no distrito de Malema, tendo a polícia atribuído a sua autoria aos homens da Renamo que, supostamente, estavam naquela base militar.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG