Links de Acesso

Moçambique é o país lusófono em África com mais mulheres no Parlamento

  • Redacção VOA

Sessão plenária do Parlamento moçambicano

Sessão plenária do Parlamento moçambicano

Rwanda lidera Índice da União Interparlamentar.

Rwanda é o país que tem o maior número de mulheres no Parlamento, com 51 deputadas num total de 80, de acordo com dados da União Interparlamentar (UIP)

Entre os 10 primeiros, estão mais três países africanos, Seychelles (43,8 por cento) Senegal (42,7 por cento) e África do Sul (42,4 por cento).

Os restantes países com mais mulheres no Parlamento são Bolívia, Cuba, Suécia, México, Equador e Finlândia.

Entre os países africanos de língua portuguesa, Moçambique é o melhor colocado, na 15a. posição, com 39.6% por cento de deputadas, Angola, no 23o. lugar, com 26,8 por cento de mulheres no Parlamento, Cabo Verde, na posição 71 (23,%), São Tomé e Príncipe no 100o. lugar (18,2%) e Guiné-Bissau no 130o. lugar (13.7%).

Nos países que têm Senado, a distribuição entre sexos continua equilibrada, com dois países africanos a servirem de exemplo: Zimbabwé e Burundi.

A nota mais negativa vai para o Haiti, que não possui nenhum mulher nos 115 lugares das duas câmaras.

XS
SM
MD
LG