Links de Acesso

Moçambique aposta na investigação científica

  • Simião Pongoane

(Arquivo)

(Arquivo)

País integra projecto radioastronomia em África.

Moçambique integra o grupo dos países africanos que se aventuram no desenvolvimento cientifico baseado na radioastronomia.

Segundo a vice-ministra moçambicana de Ciência, Tecnologia, Ensino Superior e Tecnoprofissional Leda Hugo, o país esta na fase de pré-construção de antena de observação em Maputo.

Leda Hugo participou em Pretória, Africa do Sul, na segunda reunião ministerial de 9 países africanos considerados “aventureiros” no desenvolvimento de radioastronomia, um programa de investigação cientifica considerado importante para o desenvolvimento humano.

O grupo dos aventureiros é dominado por países da língua inglesa, com Africa do Sul à cabeça.

Leda Hugo reconhece que a radioastronomia é um grande desafio para os 9 países do continente.

Por seu lado, a ministra sul-africana de Ciência e Tecnologia Naledi Pandor reconheceu que a médio prazo o resultado deste programa não será directamente visível na reducao da pobreza, fome e doenças no continente mais pobre do mundo.

No entanto, Pandor acredita que a formação de jovens cientistas africanos, através deste programa, terá impacto a longo prazo.

Quatro moçambicanos, na fase de doutoramento em Portugal, Brasil e África do Sul e a montagem de antena de observação na província de Maputo constituem a face visível do programa em Moçambique.

XS
SM
MD
LG