Links de Acesso

Quarenta e um reclusos a monte depois da evasão do fim de semana em Inhambane

  • Simião Pongoane

Polícia moçambicana conseguiu deter duas dezenas dos foragidos e recuperou duas das três armas roubadas durante a fuga que fez duas baixas humanas

O troço da estrada entre a vila sede do distrito de Jangamo e a cidade de Inhambane esteve a ferro e fogo neste Domingo na sequência da evasão de 63 reclusos da cadeia provincial de Inhambane.

O rescaldo preliminar indica a morte de duas pessoas, cinco feridos, três armas e quatro carros roubados, com recurso a força.


Os policias recapturaram 22 reclusos, mas um foi alvejado mortalmente sendo que os outros 41 estão a monte.

A Policia conseguiu recuperar duas das três armas roubadas pelos reclusos.
Mas a população está muito apreensiva, porque os foragidos são considerados assaltantes perigosos que logo nas primeiras horas da fuga da cadeia deixaram marcas de terror e violência na estrada entre Jangamo e cidade de Inhambane, segundo contam testemunhas.

Antes da evasão, a cadeia provincial de Inhambane tinha 291 reclusos, dos quais 105 detidos e 186 condenados. Agora, ficaram 228 presos e ate à hora do envio deste despacho 41 reclusos estavam a monte.
XS
SM
MD
LG