Links de Acesso

Frelimo congratula-se com detenção de porta-voz da Renamo e oposição reage

  • William Mapote

António Muchanga, porta-voz da Renamo

António Muchanga, porta-voz da Renamo

A Renamo convidou a activista dos direitos humanos, Maria Alice Mabota, para defender o porta-voz de Afonso Dhlakama mas não teve acesso ao processo.

Em Moçambique, a Renamo acusou as autoridades judiciais e a polícia de rapto do porta-voz do partido, António Muchanga. A chefe da bancada Parlamentar da Renamo sustenta a acusação, dizendo que a detenção de Muchanga não obedeceu à legalidade.

Enquanto isso a Frelimo saudou a retirada da imunidade a António Muchanga, decidida pelo Conselho de Estado e a decisão judicial de constituí-lo arguido do crime de incitação à violência, considerando que a mesma peca por não ter sido tomada antes.

Por sua vez, a Renamo convidou a activista dos Direitos Humanos, Maria Alice Mabota, para defender o porta-voz de Afonso Dhlakama.

Na sua primeira acção, Mabota foi à esquadra onde o seu constituinte se encontra detido, para se inteirar do processo, mas teve o acesso negado pela justiça.

XS
SM
MD
LG