Links de Acesso

Dívidas secretas de Moçambique vão ter consequências políticas, avisam peritos

  • Redacção VOA

Mais 134 milhões de dólares do FMI para Angola

Mais 134 milhões de dólares do FMI para Angola

Qualquer investigação do governo será "débil" devido a influência de figuras do anterior governo

Os empréstimos secretos do governo moçambicano vão aumentar as dificuldades económicas de Moçambique e isso vai ter consequências políticas “significativas”, disse a Economist Intelligence Unit (EIU), uma unidade de análise da prestigiosa revista Economist.

Numa análise do impacto das dívidas secretas de mais de mil milhões de dólares a EIU diz que faz notar que a popularidade do Presidente Nyusi “já estava baixa por causa da deterioração da situação de segurança, do aumento dos custos de vida e do abrandamento do crescimento económico".

A nota refere que o Presidente faz face também ao desafio de “manter a autoridade política sobre fações políticas rivais dentro do próprio partido no poder", afirmando ainda que o escândalo vai criar “dúvidas sobre a competência do governo”.

Os analistas manifestam dúvida sobre uma possível investigação governamental afirmando que esta será “débil” já que “vários antigos governantes da administração anterior ainda têm considerável influência política”.

A EIU avisou também a dívida externa de Moçambique vai valer 81,7% do Produto Interno Bruto este ano.

Anteriormente estava prevista uma percentagem de 65,3%.

XS
SM
MD
LG