Links de Acesso

Moçambique: Campanha eleitoral em Maputo prossegue sem incidentes de maior

  • Francisco Júnior

Maputo - Mocambique

Maputo - Mocambique

São 3 os candidatos que querem ocupar a cadeira de presidente da principal autarquia de Moçambique.

Em Maputo, a capital do país, maior círculo eleitoral autárquico há 12 partidos políticos e grupos de cidadãos eleitores proponentes cujas candidaturas foram aprovadas pelos órgãos eleitorais e estão nesta corrida para a assembleia municipal.
São 3 os candidatos que querem ocupar a cadeira de presidente da principal autarquia de Moçambique.

Um desses candidatos é Ismael Mussá. Docente universitário nas cadeiras de Teoria Política e História Contemporânea de África e deputado parlamentar do terceiro maior partido da oposição, o MDM, Mussá concorre, porém, nestas eleições, como independente.

A sua candidatura é suportada pela Associação JPC, Juntos pela Cidade, que, neste momento, está representada na Assembleia Municipal de Maputo.
“Juntos Vamos Mudar Maputo”, este o slogan do compromisso do candidato Ismael Mussá, 46 anos, casado, pai de 4 filhos e formado em diplomacia e especialista em Acção Social na Função Pública.
Mussá diz que está satisfeito com a campanha eleitoral e acredita ser ele a melhor opção para Maputo.

Diz que a cidade de Maputo tem muitos problemas e que, com ele no poder, será possível imprimir e conferir uma melhor qualidade, celeridade e regularidade dos serviços prestados ao cidadão.
Ismael Mussá acredita na vitória, mas David Simango, candidato da Frelimo, que concorre à sua própria sucessão no cargo de edil de Maputo, também se mostra optimista.

Natural de Chibuto, província de Gaza, Simango, 54 anos, casado e pai de 3 filhos, afirma que ele é o homem certo, que é o melhor candidato e que tem o melhor projecto de governação para a cidade de Maputo.
Uma das principais apostas de Simango é reduzir os níveis de pobreza urbana e melhorar e modernizar as infra-estruturas na cidade de Maputo.

Licenciado em Ensino de Biologia e Química, Simango, que é professor e técnico pedagógico de profissão, afirma que tem um vasto percurso político, tendo ocupado, nos últimos 20 anos, diversos cargos de chefia, nos órgãos do Estado, tendo sido inclusivamente Director de Educação da Cidade de Maputo, Governador da província do Niassa e Ministro da Juventude e Desportos.

Segundo Simango, a sua bagagem política é suficientemente sólida para garantir mais prosperidade, beleza, limpeza, segurança e solidariedade à capital do país.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG