Links de Acesso

Moçambicano sonha com bom emprego, educação superior e moradia

  • Danielle Stescki

Espaço do Ouvinte

Espaço do Ouvinte

Vicente é ouvinte da Voz da América desde 2004. Hoje acompanha as notícias pela internet.

Para Vicente, 35, a vida em Moçambique não é nada fácil. “O salário é baixo e com quatro filhos é difícil comprar roupas, comida, dar educação aos os filhos”. As crianças frequentam a escola pública.

Sobre a educação, conta que houve muita mudança curricular, mas para pior. “É normal a criança cursar a 7ª e a 8ª classe e não saber ler e nem escrever”.

Vicente lembra que quando estava na sétima classe sabia ler e escrever, mas agora vê os seus filhos passar de classe com graves deficiências na leitura e na escrita. Diz também que “a passagem automática não ajuda”.

Vicente reconhece que ele e a esposa não conseguem acompanhar o desempenho escolar das crianças diariamente. Quando terminam o trabalho e as actividades da casa já estão muito cansados para rever o trabalho de casa dos filhos.

No fim de semana, ele e a família gostam de ir à praia e se encontrar com os amigos da igreja.

Com os desafios e as dificuldades que a família enfrenta, Vicente tem esperança de que um dia a vida no país vai melhorar.

Ele espera que um dia Moçambique tenha um governo que se preocupe com os seus cidadãos, que as pessoas possam ter onde morar, um bom emprego e acesso à educação superior.

Vicente é ouvinte da Voz da América desde 2004. Hoje acompanha as notícias pela internet. Gosta de ler notícias sobre Moçambique e a África.

Ouça a conversa
XS
SM
MD
LG