Links de Acesso

Ministro das Finanças não segue orientações de PR

  • Coque Mukuta

Oito efectivos da Guarda Aduaneira, órgão ligado ao Ministerio das Finanças, continuam a clamar por colocação após terem expulsos da instituição.

Em 1999, 492 efectivos da Guarda Aduaneira das Alfandegas foram transferidos para a Polícia Fiscal.

Desse total, oito foram expulsos por, alegadamente, passarem informações para o semanário Folha 8 por reclamarem direitos que consideravam ter sido violados.

Carlos Manuel João Francisco, agora com 56 anos de idade, afirma que depois de 15 anos, recorreram à Assembleia Nacional e à Presidência da República.

Ele garante que o gabinete de José Eduardo dos Santos terá orientado o Ministério das Finanças para os enquadrar, mas recusa.

“Muitos dos nossos colegas estão a passar inormes dificuldades”, denúncia Manuel.

Silvério Policarpio da Silva, de 53 anos de idade, lamenta a situação em que se encontram.

Em diz ainda que “se o mais alto da nação orientou e os subodernados não querem cumprir já não sabemos o que fazer.

A VOA tentou contactar a Policia Nacional e o Ministário das Finanças mas sem seucesso.

O processo dos oito antigos funcionarios das alfândegas continua, no entanto, encravado no tribunal provincial de Luanda,

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG