Links de Acesso

Ministro angolano do Interior pede outra postura da polícia


Agentes da polícia - Angola Malanje

Agentes da polícia - Angola Malanje

O ministro do Interior de Angola apelou aos comandantes e chefes da Polícia Nacional a adoptarem "uma postura pedagógica e um estilo mais dialogante com a comunidade", evitando assim casos de intolerância política.

Ângelo Veiga Tavares, que discursava na abertura hoje do Conselho Consultivo Alargado do Ministério do Interior, respondia a uma preocupação várias vezes levantada por partidos da oposição e referenciada pelo Presidente angolano no seu discurso de fim de ano.

Segundo Tavares, o diálogo com a comunidade e os diferentes actores políticos serve para a criação de um clima social de maior distensão e respeito, agindo sempre nos termos da lei e dos princípios deontológicos da actividade policial. O governante angolano sublinhou ainda que a polícia não se pode coibir de levar à justiça todos aqueles que cometerem crimes "sem olhar à sua cor política, raça ou confissão religiosa".

XS
SM
MD
LG