Links de Acesso

Ministra da Saúde moçambicana quer detalhes sobre nados-mortos em lixo

  • Redacção VOA

A ministra da Saúde de Moçambique, Nazira Abdula, espera a apresentação nesta segunda-feira, 21, dos resultados do inquérito ao despejo por erro de mais de 20 nados-mortos na passada sexta-feira na lixeira de Malhampswene, província de Maputo.

"Esperamos receber este relatório até segunda-feira, de modo a tomarmos as medidas necessárias. Apesar de a gestão da morgue estar sob responsabilidade do município, nós iremos trabalhar em coordenação, de modo a evitarmos situações do género", garantiu Nazira Abdula aos jornalistas.

Segundo o jornal O País, a administradora da morgue do Hospital Provincial da Matola, Carolina Macuácuá, responsabilizou um funcionário da morgue por ter misturado lixo hospitalar com os nados- mortos e movimentado os corpos sem autorização.

Macuácuá declarou ainda que o funcionário não devia ter transportado os corpos sem autorização.

Apesar de reconhecer que foi um erro humano, o presidente do município da Matola, Calisto Cossa, pediu desculpas pelo sucedido.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG