Links de Acesso

Moçambique

Militares em Nampula acusados de agressões e violações


 Nampula

Nampula

Comandante da brigada das Fademo nega as acusações.

Militares do quartel de Carrupeia, na província moçambicana de Nampula, estão a ser acusados por locais de agressões e violações.

Segundo os residentes daquela zona, que falaram à VOA na língua local Emacua, desde a chegada dos militares em Outubro do ano passado àquela zona, os residentes não têm sossego e são frequentes os tiroteios,agressões, vandalização das culturas agrícolas e residências.

Nos últimos 10 dias a situação atingiu momentos de muita tensão. Muitas pessoas foram agredidas fisicamente pelas tropas, das quais sete ficaram feridas.

Os populares dizem não se sentirem protegidas, nem a região, e temem que, a continuar esta postura das Fademo, aconteça o pior, como mortes de populares.

O comandante do quartel de destacamento de Carrupeia, Constantino Omar, nega as acusações da população e diz que são as tropas que têm sofrido agressões de alguns cidadãos por estarem contra a presença deles.

O comandante revelou que a criminalidade diminuiu na zona depois da chegada dos militares.

Importa referir que na sequência desses confrontos dois militares estão a ser tratados no hospital central de Nampula.

Segundo dados do posto policial local, foram registadas três queixas contra os militares, o que contraria a versão do comandante.

Entretanto, a VOA sabe que houve um encontro entre os militares, populares e o comando provincial da policia para tentar encontrar uma saída à situação existente.

XS
SM
MD
LG