Links de Acesso

Mo Ibrahim: Angola desce no Índice de Boa Governação, Cabo Verde é terceiro

  • Redacção VOA

Angola desceu novamente no Índice Ibrahim de Boa Governação Africana 2016 do 43º para o 45.º, lugar num total de 54 países, apesar de a tendência desde 2006 ter sido positiva.

Cabo Verde continua a ser o melhor de língua portuguesa, no terceiro lugar.

O relatório divulgado em Londres nesta segunda-feira, 3, indica que Angola teve uma pontuação de 39,2 pontos numa escala de 100, inferior à média global de 50 pontos.

Este resultado coloca Angola no grupo dos 10 países com pior avaliação, onde se destacam Somália, Sudão do Sul e República Centro-Africana.

Mesmo assim, a tendência dos últimos 10 anos é positiva, já que o país tem mais cinco pontos do que os registados em 2006.

Cabo Verde é o país africano de língua portuguesa melhor classificado no índice ao manter a terceira posição, a seguir às Maurícias e Botswana.

O arquipélago conseguiu 73 pontos em 100, aumentando 1,9 nos últimos 10 anos.

São Tomé e Príncipe é o 11º colocado, com um aumento de 2,9 pontos desde 2007, Moçambique ocupa o lugar 21, mas com uma queda de 1.8 ponto numa década, e a Guiné-Bissau fica no 44º lugar, com uma melhoria de 4 pontos.

Lançado pela primeira vez em 2007 pela Fundação Mo Ibrahim, o Índice Ibrahim de Governação Africano (IIAG) mede anualmente a qualidade da governação nos países africanos através da compilação de dados de diversas fontes.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG