Links de Acesso

SIC defende troca de informações para o combate ao crime entre as províncias do sul de Angola

  • Teodoro Albano

Namibe

Namibe

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) defende a melhoria da troca de informações como forma de combate ao crime violento nas províncias da região sul de Angola.

O fenómeno que ganha cada vez mais corpo um pouco por todo o país fez juntar recentemente na Huíla, a polícia criminal das províncias do Cunene, Namibe, Cuando Cubango e da província anfitriã.

Para o director nacional do SIC, Eugénio Alexandre, a importância da região sul na ligação com a vizinha República da Namíbia e o facto de se tratar de uma zona de grande movimentação de cidadãos requer a coordenação de actuação.

“É nesta senda que esta coordenação se impõe para com a nossa acção encurtarmos cada vez mais os actos dos marginais. Vamos trabalhar arduamente e estou esperançoso que teremos resultados positivos”, reiterou.

O furto e o roubo de viaturas e do gado são crimes que tendem a aumentar na região sul.

Cunene é uma das províncias angolanas que partilha largos quilómetros de fronteira com a vizinha Namíbia.

“Cidadãos que residem no país vizinho e aproveitando-se de algumas brechas algumas deficiências ao longo da fronteira procuram atingir os seus intentos, mas temos sabido dar combate a estas situações”, concluiu o director do SIC.

XS
SM
MD
LG