Links de Acesso

Médicos americanos e cubanos poderão trabalhar juntos no Haiti

  • VOA Português

Médicos americanos e cubanos em Port-au-Prince (Foto: Embaixada dos Estados Unidos,Haiti)

Médicos americanos e cubanos em Port-au-Prince (Foto: Embaixada dos Estados Unidos,Haiti)

Médicos americanos e cubanos poderão ter uma oportunidade histórica de trabalhar juntos no Haiti, país que ainda procura recuperar dos efeitos do tremor de terra de 2010.

O diplomata Brian Shukan, da Embaixada dos Estados Unidos no Haiti, disse que a oportunidade resulta do restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países.

Shukan manifestou a intenção, quinta-feira, durante uma visita de médicos e diplomatas americanos ao Hospital Saint Luke, nos arredores de Port-au-Prince, a capital do Haiti.

Durante a visita, o Embaixador de Cuba no Haiti, Ricardo Garcia Napoles, disse que a cooperação entre os Estados Unidos e Cuba “é uma coisa natural.”

Shukan disse que os dois países continuarão a analisar como os seus médicos podem cooperar na ajuda ao Haiti, país com um sistema deficiente sistema de saúde.

Na semana passada, médicos cubanos visitaram o navio hospital USNS Comfort, dos Estados Unidos, em Port-au-Prince.

O Cuba tem uma longa história de cooperação médica com o Haiti.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG