Links de Acesso

MDM acusa polícia de atrasar início da campanha em Guruè

  • Alvaro Ludgero Andrade

Município de Gurúè vai repetir a eleição de 20 de Novembro para os órgãos municipais devido a várias irregularidades constatadas pelo Conselho Constitucional.

O MDM acusa a polícia de atrasar o arranque da campanha eleitoral para e eleição municipal a realizar-se em Guruè, na província da Zambézia, no próximo dia 8, ao deter ontem à noite o camião que transportava material de campanha do partido.


Os jovens que acompanhavam o material foram acusados de não possuírem guia de circulação e tanto eles como o camião apenas foram libertados horas depois com a chegada de líderes do partido.

A campanha para a repetição das eleições no município de Gurue, na província da Zambézia, no próximo dia 8 começou às zero horas de hoje, mas o MDM, na oposição, acusa a polícia de lhe ter impedido de arrancar as suas actividades como previstas.

Segundo Sande Carmona, porta-voz do MDM, o camião e os jovens foram soltos horas depois, o que impediu o seu partido de começar a campanha à hora marcada, beneficiando assim a Frelimo, no poder.

Carmona disse à Voz da América que os principais líderes do partido encontram-se em Guruè confiantes que este será o quarto município a ser governado por aquela força da oposição.

O município de Gurúè vai repetir a eleição de 20 de Novembro para os órgãos municipais devido a várias irregularidades constatadas pelo Conselho Constitucional.
XS
SM
MD
LG