Links de Acesso

MDM acusa Frelimo de provocar distúrbios

  • VOA Português

Moçambique Eleições 2014: Campanha de Daviz Simango

Moçambique Eleições 2014: Campanha de Daviz Simango

Os distúrbios aconteceram no distrito de Bilene.

Em Moçambique, o MDM no distrito de Bilene, província de Gaza, acusou hoje a Frelimo de tentar inviabilizar a sua campanha eleitoral.

O sub-delegado do MDM, no distrito de Bilene, Manuel Jamisse, conta que o seu partido tem passado por um sufoco, devido a acção de supostos membros da Frelimo.

O MDM diz que os incidentes são diários e ontem, 18, no distrito de Bilene, um militante do partido viu a sua camisola rasgada por ter símbolos daquele partido na oposição. Segundo os responsáveis, a polícia e observadores eleitorais foram informados, mas nunca tomaram nenhuma iniciativa para evitar situações do tipo.

Por outro lado, Daviz Simango realiza hoje uma passeata pelas diferentes ruas e avenidas da Cidade de Maputo, naquilo que vai marcar o seu primeiro dia de “caça ao voto” na capital do país. Ontem em Sussundenga, província de Manica, o líder do MDM afirmou que em caso de vitória vai concentrar esforços na melhoria das estradas rurais, como pressuposto básico para o desenvolvimento agrário.

O partido do Governo ainda não reagiu às acusações, mas o seu candidato Filipe Nyusi prometeu concluir as obras da ponte Maputo-Ka Tembe e da estrada que liga a capital do país à vila fronteiriça da Ponta de Ouro se os eleitores residentes em Maputo votarem nele e no seu partido.

Falando num comício popular realizado no Bairro Chamissava, na Ka Tembe, Filipe Nyusi disse que votar nele e no partido no poder é garantir a continuidade na procura de soluções para a melhoria das condições de vida dos cidadãos. No distrito municipal da Ka Tembe, prometeu materializar o projecto da nova cidade projectada pelo actual presidente moçambicano, Armando Guebuza.

Por seu lado, Afonso Dhlakama, realiza hoje um comício popular no Posto Administrativo de Lumbo, zona continental do distrito da Ilha de Moçambique, no seu terceiro dia de campanha no maior círculo eleitoral do país, Nampula.

Ontem, Dhlakama reuniu-se, na capital provincial, com os membros da comissão política nacional, deputados da Assembleia da República, conselheiros e outros quadros seniores desta formação política.

Para além da definição de estratégias, o encontro também serviu para o candidato explicar aos seus quadros questões relacionadas com o acordo assinado de paz.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG