Links de Acesso

Maringué: Autoridades locais dizem que Renamo não ocupou localidade

  • William Mapote

 Comando da polícia em Maringué metralhado pela Renamo

Comando da polícia em Maringué metralhado pela Renamo

O governo distrital de Marínguè desmentiu hoje informações dando conta de que a região tinha sido tomada pelos homens armados ligados a Renamo.
Os rumores da ocupação de Marínguè começaram a circular no início da manhã de ontem, depois do ataque a uma esquadra policial naquela região considerada bastião do partido de Afonso Dhlakama.

Segundo Abselamo Chabela, houve apenas uma tentativa de assalto a uma esquadra policial, mas a vila continua dentro da administração estatal.

Informações locais dão conta de um pânico total que levou ao abandono dos residentes daquela vila, cuja localização está relativamente próximo de Gorongosa, onde estava localizada a base de Afonso Dhlakama, que desde segunda-feira foi tomada pelas Forças de Defesa de Moçambique, FADM.

Para o dia de hoje, o administrador descreve a situação como tendo voltado a normalidade e apelou a calma e regresso dos que continuam refugiados em outras zonas.

Dhlakama e parte dos membros superiores do seu partido continuam em parte incerta, o que vai alimentando alguns rumores na capital Moçambicana.
Uma das especulações que circularam ao longo do dia dava conta de Dhlakama ter sido capturado pela tropa governamental, o que não foi confirmado oficialmente, mas foi desmentido por fontes da Renamo.
XS
SM
MD
LG