Links de Acesso

Manifestação em Moscovo em memória de oposicionista assassinado

  • Redacção VOA

Boris Nemtsov foi morto a tiro há dois anos

Milhares de russos participaram hoje numa manifestação em Moscovo para assinalar o segundo aniversário do assassinato de líder da oposição Boris Nemtsov que foi morto a tiro perto do Kremlin.

Os manifestantes transportavam dísticos com a palavas de Nemtsov, incluindo “a Rússia será livre”.

Membros da oposição acusam o governo de ser responsável pelo assassinato o que foi negado pelo Kremlin.

O Presidente Vladimir Putin descreveu na altura o assassinato como “uma provocação” e prometeu punir os responsáveis.

Cinco suspeitos, todos eles da Chechénia, foram acusados de participarem no assassinato e um deles terá dito à policia que Nemtsov foi morto por ter feito comentários negativos sobre muçulmanos e o Islão.

Os apoiantes de Nemtsov alegam no entanto que os verdadeiros responsáveis pelo crime continuam a monte.

Na manifestação de hoje não se registaram incidentes

XS
SM
MD
LG