Links de Acesso

Aviões franceses atacaram posições islamitas no nordeste do Mali

  • Redacção VOA

Presidente Francois Hollande (segundo da esq) e presidente interino do Mali Dioncounda Traore

Presidente Francois Hollande (segundo da esq) e presidente interino do Mali Dioncounda Traore

Aviões de combate atacaram centros de treino e de logística no decurso de uma incursão noturna

Responsáveis militares franceses indicaram que aviões de combate atacaram posições de militantes islamitas no nordeste de Mali, poucas horas depois do presidente Francois Holland ter visitado aquela nação africana.

A France Press cita fontes militares como tendo indicado que 30 aviões de combate atacaram centros de treino e de logística no decurso de uma incursão nocturna.

No sábado, Francois Holland tinha afirmado aos Malianos que o terrorismo tinha sido repelido, mas não derrotado.

Numa intervenção que contou com a presença do presidente interino maliano, Holland sublinhou que a França tinha o dever de intervir e ajudar as forças malianas a repelir os militantes islâmicos dos redutos do norte.

XS
SM
MD
LG