Links de Acesso

Malanje prepara censo

  • Isaías Soares

População mostra-se conhecedora do processo.

Mais de 6.340 agentes recenseadores estão a receber acções de formação em Malanje para garantir qualidade e rigor durante o censo populacional e habitacional a decorrer em Maio próximo em todas provinciais angolanas.

Para supervisores do referido processo o grupo técnico provincial local prevê-se recrutar 3.742 pessoas, de acordo com esclarecimentos do seu coordenador, Américo da Conceição.

"Neste momento decorre o processo de inscrições para assistentes de campo que são os supervisores e agentes recenseadores, neste momento nós estamos a dar seguimento a este tipo de formação, aos grupos técnicos provinciais, grupos técnicos municipais, grupos técnicos comunais, etc.", precisou.

A selecção dos candidatos merecerá particular atenção por parte dos responsáveis do projecto que vai com exactidão saber quantas pessoas vivem em Angola e onde estão localizadas.

De acordo com Américo da Conceição "é uma operação de responsabilidade, então requer maior responsabilidade também das pessoas que devem ter um perfil exigido", adiantou.

No censo vão prestar serviços como supervisores e recenseadores aqueles que tiverem os melhores resultados durante a formação.

As campanhas de sensibilização estão a transmitir aos habitantes desta capital noções essenciais sobre a importância do censo para o cidadão, como disse a Elisa Zua Caculama, zungueira, natural desta circunscrição, que "em Maio as escolas vão fechar porque vão passar pessoas nos bairros para saberem quantos somos, como habitamos na nossa área de Malanje".

Para outro interlocutor o que acontecerá "é um registo de todo o pessoal, nós vimos que issa vai ter grande importância nas nossas vidas porque ".
XS
SM
MD
LG