Links de Acesso

Malanje mobiliza meios aéreos e militares para garantir sucesso do censo

  • Isaías Soares

Angola Governador de Malanje Norberto Fernandes dos Santos

Angola Governador de Malanje Norberto Fernandes dos Santos

Governador diz que está garantido acesso a zonas "intransitáveis"

O primeiro censo populacional e habitacional a ter lugar na República de Angola será abrangente às zonas de difícil acesso no interior da província de Malanje confirmou Quarta-feira última, 23, nesta cidade, o governador Norberto Fernandes dos Santos.

Mais de uma dezena comunas desta circunscrição foram declaradas como localidades intransitáveis e para ultrapassar os obstáculos estão mobilizados meios aéreos e transportes militares para transladar os equipamentos, os técnicos e toda logística para o período censitário.

Os dados foram tornados públicos durante uma reunião de balanço de preparação do censo populacional e habitacional 2014 encabeçada pelo governador Norberto Fernandes dos Santos.

“Podemos afirmar que estão garantidas e criadas as condições básicas para que este processo decorra sem sobressaltos, estão criados nos três níveis administrativos da província, os grupos técnicos do censo”, em sítios apropriados disponibilizados pelas administrações municipais.

O governante precisou que foi concluído com sucesso o recrutamento dos agentes de campos e de 51 motoristas.
Segundo ele, “foram identificadas 12 comunas com áreas de difícil acesso, sendo necessário a utilização de meios aéreos e camiões militares e outros do tipo quatro por quatro para o processo de recolha de dados”.


Membros do Governo provincial, directores provinciais, administradores municipais, coordenadores dos grupos técnicos provincial, municipais e comunais do censo reunidos na sala de reuniões da Direcção Provincial de Educação, Ciência e Tecnologia ouviram de Norberto Fernandes dos Santos as vantagens do recenseamento geral que “vai permitir conhecer a estrutura da população ao nível nacional, provincial, municipal e comunal”.


O recenseamento geral da população e suas habitações facilitará o acompanhamento do crescimento, distribuição geográfica e a evolução da população ao longo do tempo, assim como a identificação das áreas para implantação de projectos de investimentos prioritários nos dominós da saúde, educação, habitação, energia, transporte e distribuição dos recursos financeiros, disse o Governador.

As forças vivas locais foram convidadas a intervirem para a divulgação dos objectivos do acto que deverá decorrer periodicamente.

“Aproveito a ocasião para solicitar e apelar as igrejas, as autoridades tradicionais, professores, associações juvenis e desportivas à reforçarem as acções de mobilização e publicidade do censo 2014 para que a informação sobre a realização do censo chegue em todos os pontos da província, com destaque para as zonas de difícil acesso”, lembrou.
XS
SM
MD
LG