Links de Acesso

Malanje: Nova exploração agro-pecuária vai dar emprego a centenas de pessoas

  • Isaías Soares

Maquete da Fazenda Pedras Negras

Maquete da Fazenda Pedras Negras

O empreendimento que terá 3 aviários poderá produzir entre 12 a 13 mil ovos por dia.

Na província angolana de Malanje, mais de 200 famílias camponesas numa localidade a cerca de 50 quilómetros a norte de Malanje vão beneficiar de empregos directos na fazenda agro-pecuária “Agricultiva” , um empreendimento israelita.
O empreendimento que será concluído em 2015 numa área de 1.800 hectares ocupará espaços para o repovoamento de ruminantes de grande e pequeno porte, piscicultura, avicultura e agricultura.
O director-geral da referida firma Moshe Vaqlenin que desde 2008 criou cooperativas do género nas províncias do Moxico, Uíge, Kwanza Norte e Zaire, no quadro da cooperação entre os governos do Israel e Angola, afirmou que o resultado da produção agro-pecuária vai melhorar a qualidade de vida e saúde da população local e das comunidades limítrofes.
Na fazenda “Agricultiva” serão introduzidas novas tecnologias do domínio agrícola, acompanhada pela formação de agricultores, aquisição dos produtos dos camponeses, a componente marketing e venda de produtos terminados, assim como abre possibilidades para a geração de empregos nos sectores de produção, administrativo e social do projecto.
O empreendimento que contemplará três aviários para criar 15 mil pintos em tempo recorde, poderá produzir entre 12 a 13 mil ovos por dia, assim como estará configurado com uma fábrica de transformação de mandioca em fuba de bombó, armazéns, salas de conferência, escritórios e aposentos para os trabalhadores.
XS
SM
MD
LG