Links de Acesso

Malanje: CASA-CE acusa autoridades de intolerância política

  • Isaías Soares

Carlos Lucas, secretário executivo em Malanje

A CASA–CE em Malanje acusou o Governo, a Procuradoria-Geral da República e alguns sectores da Polícia Nacional de contribuírem para o fraco exercício da democracia na província.

O secretário-executivo provincial, Carlos Xavier Luís Lucas, em conferência de imprensa, anunciou vários casos de remoção de símbolos da coligação e espancamentos de quadros pelas autoridades tradicionais (sobas), sob orientação e despachos dos administradores municipais.

Os actos de intolerância política registados desde o ano passado, alguns dos quais no âmbito da queixa-crime, são sonegados pelas autoridades referenciadas.

“Se queremos que tenhamos as eleições livres, justas, credíveis e transparentes, pensamos que todos os agentes que estejam revestidos de poder público, sejam eles jurisdicionais, administrativos ou poder policial, devem velar pela legalidade e cumprir cabalmente o papel que a Constituição lhes confere”, defendeu Lucas.

O Conselho Consultivo Nacional da CASACE esteve reunido em Benguela e decidiu formar uma “task force” para “comandar as eleições em todo o país”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG