Links de Acesso

Malanje aposta na produção de cereais

  • Isaías Soares

José Bettencourt, director da Fazenda Pedras Negras

José Bettencourt, director da Fazenda Pedras Negras

Fazenda Pedras Negras recebeu a visita da directora de Agricultura do Banco Mundial para Angola.

A Fazenda Pedras Negras, situada no Pólo Agro-industrial de Capanda, município de Cacuso, A cerca de 100 quilómetros de Malanje, estima colher na campanha agrícola do 2015/2016 16 mil hectares de milho e soja.

O director-geral do perímetro agrícola José Bettencourt diz que foram lançados à terra cerca de cinco mil hectares de grãos.

Na safra passada foram colhidos nove mil toneladas de milho.

“Temos 4.800 hectares cultivados para a primeira e segundas épocas, temos uma perspectiva de produção de milho na ordem de 14 mil toneladas e na produção de soja estamos com uma perspectiva estimada na ordem de duas mil toneladas entre sequeiro e regadio”, confirma.

Bettencourt, que falava num visita realizada à fazenda pela directora-geral de Agricultura do Banco Mundial para Angola, Camarões, Gabão, Guiné Equatorial e São Tomé e Príncipe, Ethel Sennhauser, afirmou que 90 por cento do total da produção é comercializada em “Luanda, Kwanza-Sul, Huíla e Benguela”

O responsável lembra que que “Malanje tem pequenos produtores avícolas, não tem fábricas de ração, as quantidades são mínimas, nós vamos vendendo quem aparecer, quem necessitar vendemos”.

O Pólo Agro-industrial de Capanda consta dos 19 projectos estruturantes do Governo angolano no âmbito do Programa Nacional de Desenvolvimento assente na diversificação da economia, combate a fome e a pobreza no país.

XS
SM
MD
LG