Links de Acesso

Malanje acolhe refugiados angolanos da Zâmbia e Namíbia

  • Isaías Soares

Centro de acolhimento de refugiados, Malanje

Centro de acolhimento de refugiados, Malanje

O processo de retorno ocorrerá no primeiro semestre deste ano, em duas fases

Cento e cinquenta e cinco angolanos residentes nas repúblicas da Zâmbia e Namíbia escolheram a província de Malanje como porta de desembarque depois de vários anos ausentes do país de origem.
O processo de retorno ocorrerá no primeiro semestre deste ano, em duas fases, para Malanje, mas a directora da Assistência e Reinserção Social, Isabel Roque dos Santos, deconhece o destino final dos compatriótas que decidiram afixar-se nesta região. Disse ela:“A partir da Zâmbia. 42 cidadãos angolanos refugiados e a partir da Namíbia vamos receber 113, também repatriados. Esse repatriamento será feito em duas fases e, concretamente, em relação a Malanje é o primeiro semestre deste ano 2011 é que está previsto.
Não temos a localização para o destino final desses repatriados, apenas temos informação em relação país de origem de onde vêm. Normalmente, são enviados para a Província de Malanje e indicados aos municípios a que pertencem e, nós, então, faremos "démarches" no sentido de preparar e comunicar as administrações municipais”.
Isabel Roque dos Santos garantiu que os preparativos para a recepção das várias famílias começarão logo que o Ministério da Assitência e Resinserção Social notifique o executivo de Boaventura da Silva Cardoso.

XS
SM
MD
LG