Links de Acesso

Mais um morto nas Lundas

  • Coque Mukuta

Bandeira do Reino das Lundas

Bandeira do Reino das Lundas

Manifesto Jurídico Sociológico do Povo Lundês acusa a polícia do ataque que deixou dois feridos e dois detidos.

Um morto, dois feridos e dois detidos é o resultado de um confronto entre a polícia e os membros do auto-denominado Manifesto Jurídico Sociológico do Povo Lundês, na última sexta-feira, no Lucapa, provincia da Lunda Sul.

Domingos Agostinho, delegado geral do Manifesto, diz que o ataque foi perpretado pela policia de intervenção rápida nas Lundas, quando aquela organização comemorava os seus 10 anos de existência na sexta-feira, 25 no Lucapa, província da Lunda Sul.

“Por volta das 9 horas e 20 minutos, antes do inicio da festa, esperavámos a chegada das igrejas e dos partidos, mas a polícia de intervenção rápida e a polícia nacional atacaram a nossa festa dos 10 anos”, disse

Afirma ainda que dois membros do grupo, Andre Cariambile e Augusto Kuambe, foram julgados e condenados sumariamentes ontem a 45 dias e multa de 25 mil kwanzas cada: “no mesmo dia, de 9 pessoas soltaram 7 e julgaram 2 a 45 dias e multa de 25 mil kzs cada” disse.

Domingos Agostinho apela à intervenção das autoridades nacionais e internacionais para defender a suposta perseguição contra os membros do Manifesto Jurídico Sociológico do Povo Lundês.

Os confrontos entre cidadãos nas Lundas e as autoridades têm sido constantes.

XS
SM
MD
LG