Links de Acesso

Mais demolições em Luanda, mais famílias ao relento

  • Manuel José

Cerca de 200 famílias ao relento

Mais de 200 famílias estão ao relento depois das suas cassa terem sido demolidas no bairro Miala, no município de Viana, em Luanda.

Moradores disseram contudo que a Administração Municipal negou estar por detrás das demolições mas a VOA não conseguiu obter qualquer reacção das autoridades.

Os populares queixam-se da situação em que foram deixados ao ar livre, sem saberem, para aonde ir.

"Onde é que nós vamos ficar?”, interrogou uma moradora, que não quis ser identificada, acrescentando: "Nós não vamos abandonar este terreno até nos darem o que é nosso”.

“Estamos a sofrer com as crianças por causa do frio, mosquitos, as crianças ficam doentes por causa do vento, estamos à espera que venham nos ajudar”, pediur residente.

Para outra moradora, a situação em que se encontra é impensável para os ricos.

"Se fosse no caso deles, os ricos, será que eles iriam aceitar isso?”, interrogou, para concluir: “Como nós somos pobres sem capacidade, sofremos, já sofremos tanto com a guerra, mas onde está a paz?"

Nem as casas dos militares foram poupadas pelo martelo demolidor.

Um militar disse que recentemente tinha sido hospitalizado após ter sido atropelado e que a sua casa foi destruída durante a sua ausência.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG