Links de Acesso

Maior central sindical cabo-verdiana promove marcha contra o desemprego no "1 de Maio"


Cabo-verdianos manifestam-se contra aumento de salários e regalias dos políticos. São Vicente, 30 Março, 2015. Foto de Ruben Veiga (imagem de arquivo)

Cabo-verdianos manifestam-se contra aumento de salários e regalias dos políticos. São Vicente, 30 Março, 2015. Foto de Ruben Veiga (imagem de arquivo)

A maior central sindical cabo-verdiana (UNTC-CS) vai realizar uma marcha no dia 1 de Maio para exigir medidas de combate ao desemprego no país, sobretudo na camada juvenil.

A marcha "em nome da dignidade, igualdade e justiça social", segundo o secretário-geral da UNTC-CS Júlio Ascensão Silva, vai pedir também aumentos salariais para repor a perda do poder de compra. A central sindical exige ainda um "vencimento digno" para todos os trabalhadores e o cumprimento do salário mínimo nacional, de 100 euros, e do salário mínimo da Função Pública, 136 euros, bem como a devolução dos juros do Imposto Único sobre o Rendimento em atraso desde 2008.

XS
SM
MD
LG