Links de Acesso

Campanha Governamental “Made in Mozambique”

  • Francisco Júnior

A empresa pública Aeroportos de Moçambique adoptou o Selo Made In Mozambique

A empresa pública Aeroportos de Moçambique adoptou o Selo Made In Mozambique

Assinalar a origem dos produtos e serviços nacionais, preferidos pelo consumidor.

“Produza moçambicano, consuma moçambicano, exporte moçambicano. Orgulho Moçambicano. Made in Mozambique”.
Esta é a marca, o selo criado pelo governo, através do Ministério da Indústria e Comércio, e que é propriedade do Estado Moçambicano.
Assinalar a origem dos produtos e serviços nacionais, dar visibilidade, distinguir, acrescentar valor e tornar os produtos e serviços nacionais mais preferidos pelo consumidor.
Estes são os grandes objectivos que nortearam a criação do selo para o qual se podem candidatar instituições e ou empresas públicas e privadas, cooperativas, associações empresariais ou agentes económicos.
Ter preferência nos concursos públicos, ter assistência no registo dos direitos da propriedade industrial, beneficiar de publicidade gratuita nas actividades, programas e eventos organizados pela Unidade Técnica de Promoção de Produtos Nacionais, entidade que tutela e concede o direito de uso do selo “Orgulho Moçambicano. MADE IN MOZAMBIQUE”.
Estas são algumas das principais vantagens para quem adere ao uso da marca. Há vantagens, mas, para se ter acesso ao selo, há, primeiro, que reunir determinados requisitos.
Os candidatos a titular da marca devem, por exemplo, cumprir a legislação laboral em vigor; pagar salários a tempo e horas, ter seguro colectivo de trabalho, ter contratos devidamente celebrados, garantir a segurança no trabalho, cumprir as normas de higiene, de saúde pública, de sanidade vegetal e animal e de ambiente, cumprir com as obrigações fiscais e de segurança social; cumprir as normas de colocação de prazos de validade nos produtos, bem como a de colocação de rotulagem.
E, até agora, segundo Jaime Victor Nicol’s, Director da Unidade Técnica de Promoção de Produtos Nacionais, as autoridades governamentais dão-se por satisfeitas. A iniciativa está a dar resultados.
Pelo menos duzentas e oito empresas e instituições já aderiram ao selo e usam a marca “Orgulho Moçambicano. Made in Mozambique”.
E mais duas devem aderir .
Expo Made in Mozambique. A primeira edição de uma exposição que é organizada pela Unidade Técnica de Promoção de Produtos Nacionais. Um evento que, o executivo quer, passe a ser regular e que servirá para estimular os moçambicanos a apostarem naquilo que é local, que se produz internamente.
Jaime Nicol’s, Director da Unidade Técnica de Promoção de Produtos Nacionais a falar à Voz da América sobre a Expo Made in Mozambique, uma exposição feita por empresas e instituições que já tiveram acesso ao selo “Orgulho Moçambicano. Made in Mozambique”, uma iniciativa do Ministério da Indústria e Comércio.
A Exposição termina próximo domingo.

XS
SM
MD
LG