Links de Acesso

Maçonaria conquista líderes políticos e económicos na África lusófona

  • Alvaro Ludgero Andrade

Baía de Luanda, Angola

Baía de Luanda, Angola

Pedro Pires, Manuel Pinto da Costa e Rui Mingas são alguns dos mações mais conhecidos.

A maçonaria portuguesa tem recrutado altos dirigentes dos países lusófonos, especialmente em África, onde está a infiltrar-se em força. Actuais e antigos líderes políticos como o cabo-verdiano Pedro Pires, o falecido Luís Cabral, o são-tomenses Manuel Pinto da Costa e o angolano Rui Mingas e vários homens de negócios são mações, segundos um texto da jornalista portuguesa Catarina Guerreiro, publicado no semanário Sol.

Este é o tema da Agenda Africana, da VOA, de hoje.

Falei com a jornalista Catarina Guerreiro para entender a maçonaria e a a sua expansão nos países africanos de língua portuguesa. Acompanhe:

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG