Links de Acesso

Médicos desistem de tirar Schumacher do coma


O capacete que o piloto usava enquanto esquiava

O capacete que o piloto usava enquanto esquiava

Os médicos do Hospital Universitário de Grénoble, em França, que estão a tratar de Michael Schumacher terão desistido de tirá-lo do coma, segundo a revista alemã Focus.

Ao longo das últimas semanas, os médicos têm tentado tirar Michael Schumacher do coma através da redução da dose dos medicamentos, no entanto, as tentativas têm-se revelado infrutíferas. Agora, a revista alemã Focus escreve que os médicos desistiram, pelo menos por enquanto, de acordar o antigo piloto de Fórmula 1.

Michael Schumacher está em coma induzido desde o passado dia 29 de dezembro, altura em que sofreu um grave acidente de esqui nos Alpes franceses. A violência do embate provocou graves ferimentos cranianos ao sete vezes campeão do Mundo de Fórmula 1.
XS
SM
MD
LG