Links de Acesso

Lunda Norte: Alfa 5 acusada de matar jovem de 17 anos

  • Coque Mukuta

Gabriel Mufugueno, Lunda Norte

Gabriel Mufugueno, Lunda Norte

Em menos de um mês a empresa de segurança privada Alfa 5, que se dedica à protecção dos campos diamantíferos das Lundas, é acusada de provocar mais uma morte no confronto entre população e grupo de patrulhamento da empresa na província da Lunda Norte.

Gabriel Mufugueno, um jovem de 17 anos de idade, foi atingindo mortalmente por agentes da empresa de segurança privada Alfa 5, quando, no Domingo, estes tentavam erguer uma tenda de patrulhamento com vista a assegurar um campo diamantífero.

Alfa 5, que se dedica à protecção dos campos diamantíferos das Lundas, levantava a tenda após alegada invasão de garimpeiros na zona de Lucapa, província da Lunda Norte.

Nas últimas semanas, Victor Lupupa, de 62 anos de idade, também foi atingido mortalmente pela segurança da mesma empresa Lucapa.

O governador provincial da Lunda Norte, Ernesto Muangala, ainda não se pronunciou sobre as sucessivas mortes de garimpeiros pela intervenção da empresa de seguranca, naquele território.

Santos Arnando, irmão de Mufugueno, conta como tudo aconteceu: “Começaram a fazer tiros e atigiram o menino” disse.

O funeral de Gabriel Mufugueno teve lugar ontem na Segunda-feira, 22 de Agosto.

Arnando disse ter sido informado pela esquadra local que o responsável pela morte do seu irmão já foi entregue à justiça.

No entanto, os familiares de Gabriel Mufugueno desconfiam que o autor do disparo não seja o detido: “pedimos para nos mostrar mas não querem”, disse Santos.

A VOA tentou contactar o governador provincial da Lunda Norte, Ernesto Muangala, para uma reacção mas sem qualquer sucesso.

XS
SM
MD
LG