Links de Acesso

Lucas Ngonda expulsa cinco dirigentes da FNLA

  • Redacção VOA

Lucas Ngonda

Lucas Ngonda

Miguel Pinto, um dos afastados, qualificou a medida anunciada de “manobra de diversão” e garantiu que a mesma será impugnada junto do Tribunal Constitucional.

A crise na FNLA voltou a agudizar esta semana com a expulsão das suas fileiras de altos dirigentes numa reunião do Comité Central realizada em Luanda, em que foram acusados de violação da disciplina partidária.

O Comité Central do histórico partido angolano, liderado pelo sociólogo Lucas Ngonda, voltou a afastar cinco dos seis dirigentes que, há cerca de dois meses, o Tribunal Constitucional ordenou que fossem reconduzidos dos seus cargos depois que foram exonerados por despacho do presidente Lucas Ngonda.

Esta instância judicial tinha considerado que Lucas Ngonda tinha usurpado poderes de outro órgão do partido que são do Comité Central.

Esta semana o político dirigiu uma reunião de cúpula do seu partido tendo insistido no afastamento definitivo de todos os dirigentes do partido que contestam a sua liderança.

O político substituiu o secretário-geral David Alberto Mavinga e não reconduziu o vice-presidente Jorge Vunge Kiavembua que, embora não tenham sido expulsos, fazem parte dos dirigentes que exigem a convocação do congresso estatutário que devia ter lugar em Julho próximo.

Estão irradiados do Comité Central, Augusto Jacinto Paulo, João do Nascimento Fernandes, Miguel Pinto, José Boaventura e Vicente Albino, enquanto Costa Nicodemos vai cumprir seis meses de suspensão do mesmo órgão.

Para o porta-voz da FNLA Donda Zinga, a medida foi tomada de acordo com os instrumentos jurídicos do partido.

O secretário para a informação da FNLA, agora afastado da direcção, Miguel Pinto qualificou a medida anunciada de “manobra de diversão” e garantiu que a mesma será impugnada junto do Tribunal Constitucional.

A reunião do FNLA marcou o congresso ordinário para finais de Janeiro de 2015.

Lucas Ngonda anunciou também a realização de um fórum de reflexão interna com todos os militantes da FNLA para antes do congresso, incluindo os contestatários da sua liderança.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG