Links de Acesso

Adiado outra vez julgamento de manifestantes presos em Luanda

  • Manuel José

O advogado Luís Nascimento garante que o julgamento terá lugar na sexta-feira mas não acredita que o mesmo chegue ao fim, desconfiando que há intenção deliberada que os detidos permaneçam na cadeia até 2013.

Uma vez mais o julgamento dos oito jovens do Movimento Revolucionário detidos pela Polícia, no último sábado em Luanda, acusados de crime contra o património foi adiado para amanhã.

De acordo com o advogado de defesa dos jovens, Luís do Nascimento, os oito estão ilegalmente detidos, já que segundo os artigos 381 e 391, do nosso Código Penal, os processos sumários devem ter lugar até 48 horas, depois da detenção dos réus.

Desde a detenção no sábado, 22 de Dezembro, já passaram cinco dias. Daí, segundo o advogado, a prisão ser considerada ilegal.

O advogado Luís Nascimento garante que o julgamento terá lugar na sexta-feira mas não acredita que o mesmo chegue ao fim, desconfiando que há intenção deliberada que os detidos permaneçam na cadeia até 2013.

Os jovens foram detidos durante a manifestação que exigia o paradeiro dos activistas cívicos Cassule e Kamulingue, desaparecidos no fim de semana de 27 de Maio.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG