Links de Acesso

Líder rebelde do Sudão do Sul pede apoio egípcio para a implementação do acordo de paz


 Riek Machar

Riek Machar

O líder rebelde do Sudão do Sul, Riek Machar, visita, hoje, o Egipto para instar o líder Abel Fattah El Sissi a apoiar a implementação do acordo de paz assinado em agosto passado para terminar o conflito do Sul do Sudão.

Na semana passada, líderes manifestaram, na Cimeira da União Africana, na capital etíope, Addis Abeba, o seu desapontamento com os rebeldes e o governo do Sudão do Sul por não haver progresso na implementação do acordo, em especial no tocante à formação de um governo de unidade nacional.

O acordo de paz está estagnado devido à rejeição da oposição da decisão do Presidente Salva Kiir de criar 28 estados. Kiir disse que o objectivo dos novos estados é descentralizar o poder, colocando recursos mais perto da população rural e reduzir o tamanho do governo nacional.

Os líderes rebeldes disseram que a divisão do Sudão do Sul em 28 estados vai trazer mais instabilidade, por implicar a redistribuição da terra entre grupos tribais.

XS
SM
MD
LG