Links de Acesso

Libéria recebe 257 milhões de dólares do Millenium Challenge Account para a recuperação pós-ébola

  • Redacção VOA

Vista de Monrovia, capital da Libéria.

Vista de Monrovia, capital da Libéria.

A Libéria e os Estados Unidos assinaram esta semana, em Washington, um acordo para a implementação do compacto do Millenium Challenge Corporation, que investirá 257 milhões de dólares para a recuperação pós-ébola.

O investimento, que reafirma o compromisso dos Estados Unidos ao crescimento da Libéria, terá como foco a produção de energia e reformas no sector de estradas.

Na lista consta a reabilitação da hidroeléctrica de Mount Coffee, criação de um centro de formação de electricistas, regulação do sector de energia e manutenção de estradas à escala nacional.

A Libéria enfrenta problemas de infra-estruturas, rede rodoviária deficiente e energia precária, apesar de receber milhões de dólares de investimento estrangeiros desde que a presidente Ellen Johnson Sirleaf assumiu o posto há dez anos.

O vice-presidente da Libéria, Joseph Boakai, disse que a Libéria tem 168 anos de existência e herdou os problemas. Segundo ele, na altura em que o projecto da hidroeléctrica ia iniciar, o país teve a crise da Ébola, que forçou a saída de muitas pessoas.

Boakai, disse que apesar de o dinheiro do compacto ser destinado a áreas específicas, é importante notar que o compacto é sobre a boa governação e realça o esforço do país nesse sentido.

O governo da Presidente Sirleaf procura acabar com a corrupção, disse Boakai: “Sabemos que há pessoas cuja conduta põe em risco a economia”, mas a justiça está a tomar conta disso.

XS
SM
MD
LG